Maquiagens com Filtro Solar, Proteção da Pele e Praticidade

As mulheres que têm o hábito de estarem sempre maquiadas sabem que, muitas vezes, é complicado aliar a proteção da pele com o uso da maquiagem. É preciso ter os produtos certos e equilibrar as quantidades, para que o rosto não fique carregado ou borrado. Além do mais, a reaplicação periódica do protetor solar, que é necessária para manter a proteção, é praticamente um transtorno, posto que implica em retirar a maquiagem, limpar a pele, aplicar novamente o filtro solar e maquiar-se de novo: é um processo complicado!

<

Prefira as maquiagens com protetor solar

Por isso, a maquiagem que já vem com filtro solar é tão prática e desejada. Mas, qual a forma correta de usá-la? É realmente eficaz? Qual a diferença entre maquiagem com protetor solar e protetor solar com pigmentação de base? Seguem umas dicas pra quem ainda tem dúvidas se deve ou não aderir à maquiagem com filtro solar.

Dicas para escolha e uso da maquiagem com filtro solar

Pra começar, precisamos esclarecer um ponto fundamental: há protetores solar com pigmentação de base, e bases (e outros produtos cosméticos) com filtro solar. E são diferentes.

Os protetores pigmentados geralmente oferecem mais proteção, sempre protegem contra raios UV-A e UV-B e servem pra uniformizar o tom da pele. Você escolhe o que mais se adéqua ao seu tipo de pele e passa, sem a obrigação de fazer uma make completa. As mulheres que não tem o hábito de se maquiar sempre, mas querem uniformidade no tom da pele geralmente optam por esse produto.

Já as maquiagens com proteção solar oferecem uma proteção em fator menor (comumente o FPS varia de 15 a 30) e nem sempre protegem contra os raios UV-A e UV-B. Portanto, é preciso atenção no rótulo do produto.

Maquiagem com filtro solar, só protegem área aplicada.

Outro ponto que exige cuidado é a área de aplicação da maquiagem: Se você utiliza uma base, um pó ou blush com filtro, eles só protegem a área em que foram passados. O filtro ainda é necessário para cobrir outras partes em que a maquiagem não é aplicada. Orelhas, colo, mãos e braços, por exemplo. Então, mesmo usando a maquiagem com filtro, é preciso complementar a proteção dessas áreas.

O processo de reaplicação se torna mais fácil com a maquiagem com proteção: como o filtro obrigatoriamente deve ser passado diretamente sobre a pele, o processo de retoque é demorado como citamos mais em cima. Entretanto, usando a maquiagem, é suficiente retirar o excesso da maquiagem anterior e refazê-la, fortalecendo, assim, a proteção. A vantagem de ambos é que oferecem – além da proteção normal do filtro – uma barreira contra a luz visível, que também causa danos e envelhecimento à pele.

A maquiagem com filtro solar, portanto, é prática e eficiente e, para completar os cuidados, só é preciso fazer uma limpeza cuidadosa com tonificação e hidratação na sua pele, para que ela respire livre e limpa, se preparando pra mais um dia.

Leia mais...
Olá, Eu sou Cris Corrêa. Estarei todos os dias aqui com vocês para falar sobre beleza, maquiagens, resenhas, cuidados com os cabelos, lançamentos e muito mais! Me acompanhe!

Comentários