Os melhores e os piores produtos capilares de 2018


Neste primeiro post do ano, trouxe os melhores e os piores produtos capilares que testei no decorrer de 2018. Confira o que conquistou e o que decepcionou!

Melhores e piores produtos capilares de 2018

Primeiramente, o ano de 2018 foi repleto de novidades cabelísticas. Diversas marcas surgiram, e trouxeram produtos com nomes e embalagens diferenciadas.

Alguns produtos se destacaram mais, mas isto não quer dizer que os produtos que não foram tão comentados não sejam bons, ok?

Experimentei muitos produtos ao longo de 2018. Apesar da diversidade, algumas marcas se destacaram mais, e outras não conseguiram surpreender quanto eu imaginava, foi muito mais barulho do que algo surpreendente seja pelo resultado esperado, preço, etc.

Selecionei os produtos que eu mais gostei, e que valeram o dinheirinho investido, bem como os produtos que não valeram o investimento, pode ser?

Melhores produtos capilares que testei em 2018

Então, vale lembrar que o resultado de determinados produtos capilares nos seus cabelos pode ser diferente, o que é super normal acontecer.

Ás vezes um produto pode não dar certo para você e pode dar super certo para outra pessoa. Tudo vai depender do tipo e necessidade dos fios.

Ou seja, um determinado produto pode ser maravilhoso para você e para mim pode ser ruim, e vice versa, ok?

Então, vou começar com os melhores produtos que eu testei, pode ser? Bom, 2018 eu testei muitos lançamentos. No entanto, foram poucos que me surpreenderam.

Vou fazer um resuminho dos produtos e se vocês quiserem saber mais detalhes, no blog eu fiz a resenha completinha de todos os itens, beleza?

1º Óleo Reconstrutor Match S.O.S Reconstrução do Boticário

oleo match

O óleo Reconstrutor Match S.O.S Reconstrução possui uma textura bem líquida e suave. Além disso, ele não pesa nada e não deixa os fios com aspecto oleoso. Proporcionou no meu cabelo muita maciez e muito brilho.

2º Máscara Acquaplex da Acquaflora

acquaplex acquaflora

De todas as máscaras que eu já usei da Acquaflora, esta sem dúvidas é a mais potente. Inclusive, ela é bem mais potente do que muita máscara com valor mais elevado que eu já usei viu?  Super aprovada mesmo!

3º Soro Capilar Zero Frizz da Glatten

soro capilar glatten

O Soro Capilar da Glatten é um spray, que deixou meu cabelo com efeito aveludado, brilhoso, extremamente macio, sem nenhum frizz, e super lisinho. O melhor é que não deixa os fios oleosos. Gosto de usá-lo antes de fazer escova, e o resultado fica show.

4º Liso Absoluto da iLike

liso absoluto ilike

O Liso Absoluto da iLike é um termo protetor com ação anti-frizz e anti-volume. Tem como promessa nutrir, hidratar, além de reduzir o volume capilar. Ou seja, é um termo protetor, de efeito liso, que promete reduzir também as pontas duplas.

Deixa os fios bem mais lisos, brilhantes, macios. Além disso, reduz visivelmente as pontas duplas. Produto super aprovado!

Produtos capilares que não deram certo para o meu cabelo em 2018

Estes não surpreenderam…

Spray Brilho de Unicórnio da iLike Professional

brilho de unicórnio ilike

Gostei muito da proposta deste sprayzinho, e realmente achei que este seria um produto incrível e tudo mais. No entanto, o efeito dele no meu cabelo não foi bom.

Usei este spray de diferentes maneiras e não funcionou, não deixou meu cabelo brilhoso como a marca promete. Na resenha do Spray Brilho de Unicórnio explico mais detalhadamente, ok?

Banho de Verniz da Glatten

banho de verniz glatten

Quando comprei este produto, achei que o resultado ( brilho) seria superior ao da Forever Liss e da For Beauty. Infelizmente ele não me surpreendeu, não doou o brilho que eu esperava, e meu cabelo ficou com frizz.

Enfim, estes foram os produtos que eu mais gostei e que eu menos gostei em 2018.

Espero que tenham gostado do post. E nós do Beauty Cris desejamos a todas as nossas leitoras, um excelente 2019!

Os melhores e os piores produtos capilares de 2018 2 de janeiro de 2019 Cris R. Feller Neste primeiro post do ano, trouxe os melhores e os piores produtos capilares que testei no decorrer de 2018. Confira o que conquistou e o que decepcionou!